Blog do Marketing Esportivo


A Editora Abril publicou em seu site (www.abril.com.br) uma matéria a respeito da diferença entre o marketing esportivo no futebol europeu e brasileiro. O resultado foi um verdadeiro banho que o Velho Continente deu. Chega a ser uma diferença inigualável para os padrões sul-americano, embora aqui esteja uma grande fatia do bolo a ser explorada. Para ter uma idéia, com 18 clubes, o Campeonato Alemão soma 103,8 milhões de euros, aproximadamente R$ 343 milhões, em patrocínios de camisa. No Brasil, o clube que mais fatura com patrocínios de camisas é o São Paulo que recebe R$ 16 milhões da LG. Juntando os 20 clubes da Série A do Brasileiro, ainda assim, não haveria a possibilidade de chegar perto disso. Enquanto os 20 clubes da Série A se satisfazem com R$ 420 milhões anuais pelos direitos de televisão, os clubes da Premier League, a elite do futebol da Inglaterra, ganham em torno de 545 milhões de euros da SkySports, outros 162,3 milhões de euros da Setanta, 43 milhões de euros da BBC e mais 258 milhões de euros por transmissões internacionais, totalizando cerca de R$ 3,5 bilhões - quase nove vezes mais vantajoso que o futebol brasileiro. E isso sem falar na venda de materiais esportivos e mídias nos estádios que poderiam engordar os cofres dos clubes brasileiros. Especialistas na área garantem que agremiações do futebol brasileiro precisam se tornar empresas, com o objetivo de lucrar com o marketing esportivo e não apenas viver da venda de atletas que já estão com parte do passe nas mãos de um empresário ou de vários. O futuro promissor de um clube depende da inovação e de investimento em marketing.

 

Até à próxima!



 Escrito por André Tramontina às 14h45 [] [envie esta mensagem] []






O Avaí lançou mais uma edição da revista do clube que vem ganhando espaço na Capital de Santa Catarina. Intitulada de "Adeus Série B, que na Série A tudo se realize", a segunda edição conta a trajetória do Avaí na série B de 2008, que culminou com o brilhante acesso a tão sonhada elite do futebol brasileiro. A revista do Avaí é mais um produto de marketing e uma fonte de informação aos torcedores avaianos que procuram conhecer uma pouco mais a história do seu time e dos trabalhos administrativos do clube. O embaixador do Avaí, o ex-tenista número 1 do mundo, Gustavo Kuerten, é um dos personagens da rica história do clube que foi entrevistado recentemente.

Até à próxima!



 Escrito por André Tramontina às 11h01 [] [envie esta mensagem] []






Recentemente, o gerente de Marketing e de Relações Esportivas da Lotto no Brasil, Luciano Augusto, publicou o artigo “As lições básicas do marketing esportivo”, em que explica a essência do conceito da área por meio do patrocínio, valorizando a marca em eventos que gerem mídia espontânea. De fato, o carro-chefe permanece sendo o patrocínio a atletas, clubes esportivos e eventos do gênero, pois é uma forma de expandir a marca de uma empresa nas mais diversas mídias, principalmente causando empatia com o público fiel. Só que o marketing esportivo não se resume a isso e vale lembrar os 4 P´s: produto, praça, preço e promoção. O último composto é sempre o mais recordado e, muitas vezes, confundido como o único que define o marketing. Por isso que muitos equiparam marketing à publicidade e propaganda que é um instrumento da área, mas não um sinônimo. Os melhores profissionais do marketing esportivo sabem lidar bem com os 4 P´s e pesquisam antes de tomar ações precipitadas que possam comprometer as ações de uma campanha. Afinal, produto (embalagem, características, serviços de pós-venda), praça (ponto de venda), preço (custo ao público ou do produto) e promoção (publicidade e propaganda) fazem a diferença para o sucesso ou fracasso do marketing. Você poderá conferir o artigo de Luciano Augusto na íntegra, clicando neste endereço eletrônico abaixo http://www.mundodomarketing.com.br/materia.asp?codmateria=6419. Deixe o seu comentário.

 

Até à próxima!



 Escrito por André Tramontina às 18h02 [] [envie esta mensagem] []






O São Paulo Futebol Clube lançou a pesquisa de opinião, em seu site oficial, para que o público fiel possa escolher qual a camisa de sócio torcedor será comercializada em 2009. Os designers estão ousados e interessantes, valorizando as cores do clube. Para quem torce pelo Tricolor do Morumbi, vale a pena conferir e escolher a camisa que deseja usar no ano que vem. Detalhe: os trajes foram desenhados por sócios torcedores. Veja abaixo os modelos e escolha a camisa preferida no endereço eletrônico do São Paulo Futebol Clube: www.saopaulofc.net/spfc/camisa2009.asp. Deixe a sua opinião sobre as camisas.

 

Imagem: Site Oficial do São Paulo

 

Até à próxima!



 Escrito por André Tramontina às 11h11 [] [envie esta mensagem] []






A Champs será a patrocinadora e fornecedora de material esportivo do Vasco da Gama em 2009, substituindo a Reebok, parceira do clube desde 2006. A Reebok receberá R$ 750 mil pela rescisão do contrato. O objetivo do Vasco e da Champs é lançar nova coleção, uma camisa oficial em versão de baixo preço, para atender torcedores com menor poder de compra e permitir que eles também ajudem o clube, comprando o produto oficial. Esta estratégia é parte de uma campanha que o clube fará contra a pirataria dos produtos oficiais. O vice-presidente de marketing, José Henrique Coelho, anunciou que será lançada, em 2009, uma campanha pela Internet, para a escolha do terceiro uniforme do Vasco. A pesquisa vai ser importante para dar voz ao torcedor e criar um produto com a cara do Vasco e do seu público fiel.

 

 

Quem sabe a camisa ficaria assim? É uma sugestão que está disponível no blog futeboldecamisa.files.wordpress.com. Deixe o seu comentário.

 

 

 

 

Até à próxima!



 Escrito por André Tramontina às 13h51 [] [envie esta mensagem] []






O marketing esportivo está conquistando, de fininho, o seu lugar nos clubes pequenos de futebol. Afinal, ainda existe o amadorismo de um dirigente de não saber agregar valor à marca e nem quanto se deve cobrar pela imagem de uma empresa no uniforme de um clube, nas placas de estádio e nos outros produtos que vêm surgindo no embalo. A inserção de profissionais de gestão e marketing esportivo torna os clubes mais preparados para receberem bons patrocínios que possam mantê-los financeiramente. É uma questão de abrir a mente para novos campos e tentar profissionalizar os setores em que os dirigentes desconhecem a função, pois, dessa forma, evita-se o descrédito e a desconfiança por parte das empresas.

 

Até à próxima!



 Escrito por André Tramontina às 20h34 [] [envie esta mensagem] []






A Traffic garantiu mais uma aquisição que vai render muito retorno futuramente. O atacante Keirrison, do Coritiba, tem um pré-contrato de quatro anos com a empresa especialista em organizar eventos esportivos e vender direitos de transmissão de jogos, mas que, atualmente, descobriu um mercado ainda mais rentável. São 80% dos direitos federativos e econômicos do atleta, vinculados ao Desportivo Brasil, equipe pertencente a Traffic. Só para lembrar das boas aquisições da empresa, o Marquinhos, do Vitória da Bahia, também pertence a Traffic. Neste ano, o Avaí subiu para a Série A do Brasileiro com diversos jogadores que estão vinculados à empresa, parceira do clube. Os representantes da Traffic disseram que pretendem manter algumas peças chaves do Avaí para não enfraquecer o elenco. É nessa hora que nós vamos ver se o clube ganha mais do que perde com as parcerias.

 

Até à próxima!



 Escrito por André Tramontina às 21h36 [] [envie esta mensagem] []






A TTK Marketing Esportivo, agência presente no mercado desde 2004, promovendo a interação das marcas junto ao público jovem, é responsável pelo maior campeonato intercolegial do Brasil: a FutCup O evento incentiva a prática do futebol nas modalidades campo, futsal e society e, ao mesmo tempo, fortalece as marcas de empresas junto a estudantes das classes A e B, de colégios particulares de São Paulo. Neste ano, foram 400 jogos e eventos relacionados ao projeto, que possibilitaram às marcas Perdigão, Sony, Centauro, Schin Refrigerantes, Penalty e Rádio Transamérica, principais patrocinadoras, atingir um total de 70 mil alunos com envolvimento indireto de 300 mil pessoas entre pais, professores, amigos e colegas. A FutCup 2008, encerrada no dia 1º de novembro, contou com a participação de 50 escolas, 150 times com seis categorias diferentes e 170 profissionais envolvidos no evento, demonstrando que as empresas devem investir em marketing esportivo não só nos eventos renomados, mas em grandes competições que segmentam faixas-etárias e trazem fidelidade às marcas desde cedo.

 

Até à próxima!



 Escrito por André Tramontina às 19h35 [] [envie esta mensagem] []






O Avaí Futebol Clube e a Champs, fornecedora oficial de material esportivo do clube, lançaram a segunda camisa da coleção “Torcedor Eterno”, disponível na Loja Store, na Ressacada, em Florianópolis.  A camisa histórica é uma réplica da utilizada pelo Avaí no início dos anos 80, época da inauguração da Ressacada. O estádio avaiano completa, no dia 15 de novembro, 25 anos de inauguração. Todas as camisas são personalizadas e numeradas nas costas, de 276 a 555, seguindo a seqüência da primeira coleção.  Os torcedores também serão lembrados, ao terem os seus nomes eternizados numa placa, no hall de conquistas do Estádio da Ressacada. Para isso, basta comprar uma camisa, alusiva à década de 80, época marcada pela despedida do Estádio Adolfo Konder, onde se localiza, atualmente, o Beiramar Shopping, e pelo histórico título de 1988. O Avaí quebrou um jejum de 13 anos, trazendo o título para Florianópolis.

 

Imagem: Site Oficial do Avaí

 

Até à próxima!



 Escrito por André Tramontina às 22h50 [] [envie esta mensagem] []






A Agência Nova S/B, em parceria com o estúdio brasileiro Fábrica de Quadrinhos, criaram peças publicitárias, encomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), criticando a relação de marcas de cigarros com o esporte, algo que acontece há anos pelo mundo e que envolve bilhões de dólares de investimentos no marketing esportivo. Um dos esportes mais cobiçados pelas indústrias de tabaco é a Fórmula-1. No Brasil, por exemplo, a propaganda de tabaco foi abolida no automobilismo, mas está liberada em países como Bahrein, China e Mônaco. O filme traz um cenário de horror, com mãos de esqueleto colocando cigarros na boca de pilotos e fãs da Fórmula-1. É uma pena que, cada vez que lembro do Ayrton Senna, no pódio, recordo-me da Marlboro que estava sempre estampada em seu macacão.

 

 

Até à próxima!



 Escrito por André Tramontina às 10h00 [] [envie esta mensagem] []






Não poderei participar do primeiro curso de gestão e marketing esportivo, ministrado por João Henrique Areias, mas, para quem puder acompanhar, vai ser mais uma oportunidade de familiarizar-se com a linguagem do marketing esportivo e atualizar-se no assunto. O curso será realizado no dia 29 de novembro, no Rio de Janeiro. Os alunos vão aprender a desenvolver projetos de marketing esportivo e planos de patrocínio. Os blogueiros encontram mais informações pelo site: www.jhareias.com/cursos/gestao-e-marketing-esportivo.

 

Até à próxima!



 Escrito por André Tramontina às 17h10 [] [envie esta mensagem] []






O Corinthians já está preparando a sua campanha de marketing esportivo para aproveitar o merecido retorno à elite do futebol brasileiro. Uma das camisas que já está à disposição do torcedor traz a seguinte frase: “Eu voltei...”, estampada na parte da frente, e “Agora pra ficar!”, atrás da camisa. A frase é inspirada na música “O Portão”, de Roberto Carlos. A canção foi escolhida pela própria torcida.

A camisa comemorativa custa R$ 39,90 e pode ser comprada até pela internet. É uma aposta que o Departamento de Marketing do Corinthians fez e que, com certeza, fará sucesso em meio a um público fanático pelo Timão. O que estava faltando mesmo, em épocas anteriores, era marketing. Agora, não falta mais.

 

Imagem: Divulgação 

 

Até à próxima!



 Escrito por André Tramontina às 20h44 [] [envie esta mensagem] []






A Umbro, parceira há 10 anos do Figueirense, lançou a camisa 4 do clube catarinense, com uma forte característica de inovação. A camisa é dourada e vinho, em alusão à cor do fruto da Figueira, o figo. O passado recente de muitas glórias, como seis títulos estaduais (99, 2002, 2003, 2004, 2006 e 2008), além da conquista inédita da Taça São Paulo de Futebol Junior, neste ano, serviu de inspiração à marca esportiva. Após a duradoura parceria, o Figueirense deu um salto no marketing esportivo e na qualidade dos uniformes. Os resultados não param por aí. Desde 2002, o Furacão do Estreito permanece na Série A do Brasileiro e chegou a ser vice-campeão da Copa do Brasil, em 2007. É por essas e outras que o Figueirense continua sendo referência no marketing esportivo e o principal clube do futebol catarinense. O produto passou a ser vendido, aos torcedores, nesta segunda-feira (dia 20), na rede de lojas Figueira Store ou pelo site www.figueirense.com.br. As camisas custam R$ 159,90 (masculina adulta) e R$ 99,90 (feminina/ infantil). O time do Figueirense vai estrear o novo uniforme contra o Fluminense, no dia 30 de outubro, diante de sua torcida. É claro.

 

 

Imagem: Site Oficial do Figueirense

 

Até à próxima!



 Escrito por André Tramontina às 21h53 [] [envie esta mensagem] []






Patrocinar, agregar as marcas de empresas em grandes eventos esportivos, clubes de futebol e nos atletas famosos fazem parte das estratégias de marketing esportivo da maioria das mega-organizações. Nem sempre, no entanto, isso é uma regra. O Banco Itaú, por exemplo, investe em grandes eventos esportivos, mas está apostando, também, em eventos comunitários, como forma de melhorar a sua imagem em meio à população de uma determinada localidade. A Empresa Gayotto Marketing Esportivo, que possui uma parceria de 13 anos com o Itaú, realizou três eventos exclusivos para os funcionários do banco e seus familiares: Passeio Ciclístico, Corrida Itaú Criança e Corrida Itaú 10 Km. Além de incentivar os empregados, seus familiares e crianças a praticarem o esporte, melhorando a qualidade de vida das pessoas e desenvolvendo o espírito de cidadania, como complemento educacional, o Itaú buscou fortalecer a sua marca entre o público interno e a comunidade local. É uma estratégia de endomarketing que tende a virar tradição e, ao mesmo tempo, causar simpatia. Não traz um resultado tão grande como seria num grande evento esportivo, com a presença dos veículos de comunicação, contudo valoriza um público que, muitas vezes, é esquecido e tem enorme valor para a permanência do sucesso das empresas.

 

Até à próxima!



 Escrito por André Tramontina às 20h48 [] [envie esta mensagem] []






Um dos povos mais apaixonados por futebol é, sem dúvida, o baiano. Não tem como negar. Bahia e Vitória fazem clássicos sempre com casa cheia, e os torcedores não abandonam os clubes nem na Série C do Brasileiro. É aí que a paixão aflora, pois os estádios lotam de vez. Num cenário como esse, dificilmente uma campanha de marketing esportivo, envolvendo a torcida, nos lançamentos dos uniformes dos clubes, não daria certo. Exemplo disso é o que o Bahia está fazendo com freqüência. No primeiro semestre de 2009, o clube vai lançar duas novas versões das camisas oficiais para jogo, produzidas pela Lotto, patrocinadora e fornecedora de materiais esportivos da agremiação. A primeira versão vai chegar ainda neste mês de outubro, com edição limitada. O Bahia vai estrear o uniforme numa das partidas da Série B deste ano. O que mais chama atenção, no entanto, é a pesquisa de marketing feita pelo clube, por meio de enquete no site oficial do Bahia, no momento de escolher a “versão torcedor”. A experiência com a torcida já havia dado certo em 2007, quando os apaixonados pelo Bahia escolheram uma camisa oficial que o clube usou por uma partida. Em cem dias de produção do material, foram vendidos mais de 15 mil exemplares. Essa é a demonstração da força que o Bahia tem com a sua torcida e - podem acreditar -, se o marketing esportivo for bem explorado, é lucro na certa.

 

Imagem: Site Oficial do Bahia

 

Até à próxima!



 Escrito por André Tramontina às 09h46 [] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 





BRASIL, Sul, ITAPEMA, Homem, Esportes, Jornalista
MSN - andretramontina@hotmail.com





 
 




UOL - O melhor conteúdo
BOL - E-mail grátis
Marketing Esportivo/ Figueirense
Marketing Esportivo/ Artigos de Ricardo Buarque
Marketing Esportivo/Avaí
Associação Brasileira de Profissionais e Empresas de Marketing Esportivo (Abrapeme)
MKT Esportivo
ESM/ Empresa de Marketing Esportivo
Traffic Sports
Comunidade do orkut/ Blog do Marketing Esportivo
MSI Sports/ Negócios nos esportes
Instituto Brasileiro de Marketing Esportivo (IBME)
Faculdade Estácio de Sá/ Marketing Esportivo
Marketing Esportivo/Bahia
JHAREIAS.com
Marketing Esportivo/Vasco da Gama
Marketing Esportivo/São Paulo
 
 

Dê uma nota para meu blog